Desejo

Mulher no balanço
Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome. Clarice Lispector – Perto do Coração Selvagem.

Relacionados

Folha de outono
Escuta: eu te deixo ser, deixa-me ser então. Clarice Lispector – Água Viva.
Café de camisola
Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.
Feliz na praia
Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito. Clarice Lispector
Belo fim de tarde
- Ela é tão livre que um dia será presa. - Presa por quê? - Por excesso de liberdade. - Mas essa liberdade é inocente? - É. Até mesmo ingênua. - Então por que a prisão? - Porque a liberdade ofende. Clarice Lispector.
Frase de impacto
O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós. Clarice Lispector.
Moça de sorriso bonito
E nem entendo aquilo que entendo: pois estou infinitamente maior do que eu mesma, e não me alcanço. Clarice Lispector
Felicidade eterna
Oh Deus, que faço dessa felicidade ao meu redor que é eterna, eterna, eterna e que passará daqui a um instante. Porque o corpo só nos ensina a ser mortal? Clarice Lispector
Morena
Corro perigo Como toda pessoa que vive E a única coisa que me espera É exatamente o inesperado Clarice Lispector
Floresta em preto e branco
A moça estava de dentes cerrados, olhando tudo com rancor ou ardor, como se procurasse no vento, na poeira e na própria extrema pobreza de alma mais uma provocação para a cólera. Clarice Lispector.
Um quase beijo
Pede do leitor maior atenção para as possibilidades não imediatas de um texto, incluindo aí os restos, as respirações, os tempos mudos e, também, maior escuta das diferentes espécies de silêncio que articulam de um só golpe palavras e afetos, fazendo com que corpos (o corpo de quem diz e o corpo de quem no escutar se encontram) se unam, e se atritem: e cresçam juntos. Clarice Lispector, no livro "O Tempo"