Frases de Clarice Lispector

As melhores frases de Clarice Lispector para refletir e se inspirar.

Texto de Clarice Lispector
Todo mundo que aprendeu a ler e escrever tem uma certa vontade de escrever. É legítimo: todo o ser tem algo a dizer. Mas é preciso mais do que a vontade para escrever. Ângela diz, como milhares de pessoas dizem (e com razão): "minha vida é um verdadeiro romance, se eu escrevesse contando ninguém acreditaria". E é verdade. A vida de cada pessoa é passível de um aprofundamento doloroso e a vida de cada pessoa é "inacreditável". O que devem fazer essas pessoas? O que Ângela faz: escrever sem nenhum compromisso. Às vezes uma só linha basta para salvar o próprio coração. in Um Sopro de Vida Clarice Lispector
Papel amassado
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Lispector
Balanço no parque
Esta é a vida vista pela vida. Posso não ter sentido mas é a mesma falta de sentido que tem a veia que pulsa. Clarice Lispector – Água Viva
Homem refletindo
O definível está me cansando um pouco. Prefiro a verdade que há no prenúncio. Clarice Lispector – A Hora da Estrela.
Mulher mergulhando
Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento. Clarice Lispector
Folha de outono
Escuta: eu te deixo ser, deixa-me ser então. Clarice Lispector – Água Viva.
Mulher no balanço
Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome. Clarice Lispector – Perto do Coração Selvagem.
Ser ou não ser
Já que sou, o jeito é ser. Clarice Lispector – A Hora da Estrela.
Vista da cidade
Suponho que me entender não é uma questão de inteligência, e sim de sentir... Clarice Lispector
Folha de papel azul
Pensar é um ato. Sentir é um fato. Os dois juntos – sou eu que escrevo o que estou escrevendo. Clarice Lispector – A Hora da Estrela.
Bilhete de Clarice Lispector para você

Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!

Refletindo sobre a vida

A vida é um soco no estômago.

Apenas o desenho de mulher
Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar. Clarice Lispector
Rosa branca
Mas quero ter a liberdade de dizer coisas sem nexo como profunda forma de te atingir. Só o errado me atrai, e amo o pecado, a flor do pecado. Clarice Lispector
Corpos se atritem
Pede do leitor maior atenção para as possibilidades não imediatas de um texto, incluindo aí os restos, as respirações, os tempos mudos e, também, maior escuta das diferentes espécies de silêncio que articulam de um só golpe palavras e afetos, fazendo com que corpos (o corpo de quem diz e o corpo de quem no escutar se encontram) se unam, e se atritem: e cresçam juntos. Clarice Lispector, no livro "O Tempo"

As frases de Clarice Lispector e sua obra marcante

As frases de Clarice Lispector são muito conhecidas pela profundidade e pela forma como falam da vida. Mas você conhece a história da escritora?

Clarice foi uma das maiores artistas do Brasil e tem uma vasta obra, por isso, é muito importante que todos possam ter acesso à sua produção e vida.

Nesta página você vai conferir um pouco da história da escritora, as frases de Clarice Lispector mais marcantes, e sua importância para a arte brasileira.

Não é a toa que as frases de fotos de tantas pessoas levam alguns de seus pensamentos nas legendas.

Vamos lá?

Quem foi Clarice Lispector

A escritora Clarice Lispector nasceu na Ucrânia, em 1920, mas mudou-se para o Brasil ainda pequena — com apenas dois meses de vida. Sua família era de origem judaica, e precisou fugir do país devido à perseguição aos judeus.

No Brasil, sua família se estabeleceu em Maceió, capital do estado de Alagoas.

Após a mudança, toda a família mudou de nome, e Haya Pinkhasovna Lispector recebeu o nome de Clarice.

Logo depois, Clarice mudou-se com a família para Recife, no Pernambuco.

Alfabetização em português

Foi lá que a jovem escritora foi alfabetizada em português e começou a escrever seus primeiros contos.

Além do idioma de seus pais, o iídiche (mistura de hebraico com alemão, um idioma característico dos judeus), Clarice também aprendeu a falar inglês e francês.

Aos 12 anos, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro, cidade que a acompanhou até o fim da vida.

Formação

Teve sua formação principalmente em escolas públicas e o gosto pela leitura e escrita se formaram desde cedo. Assim, Clarice foi uma grande frequentadora das bibliotecas locais.

Aos 21 anos, ingressou na Faculdade Nacional de Direito e teve seu primeiro emprego relacionado à escrita, na Agência Nacional. Depois disso, passou a escrever para vários jornais.

Em 1943, casou-se com Maury Gurgel Valente, colega do curso de Direito, e no ano seguinte, finalizou o curso.

Após a formação, acompanhou o marido diplomata em muitas viagens, teve dois filhos e separou-se em 1959. Após a separação, retornou ao Rio de Janeiro para ficar.

Publicações

Durante sua vida, publicou diversos textos, entre contos, romances, crônicas… as frases de Clarice Lispector estão em nosso imaginário até os dias de hoje.

Uma das mais famosas autoras presentes nas frases para de status de milhares de brasileiros.

Em 1977, Clarice Lispector faleceu no Rio de Janeiro, prestes a fazer aniversário.

Sua importância

Agora que você já conhece um pouco sobre a história da escritora, veja algumas características de seu trabalho, e sua importância para a literatura brasileira.

Em 1944, ano da formatura, Clarice publicou o primeiro romance, “Perto do Coração Selvagem”.

Este livro foi uma ruptura com os textos já publicados até então, por isso é muito importante para a literatura brasileira. Nesta obra, Clarice quebrou com a ordem cronológica da narrativa e misturou prosa e poesia para a escrita de um romance.

A escrita de Clarice Lispector

As principais características da obra de Clarice são a escrita psicológica e intimista, com traços de filosofia e existencialismo.

Seus textos também trazem muitas questões sociais importantes. Por estas características, as frases da escritora e grande pensadora Clarice Lispector são muito utilizadas em diversos contextos atualmente, pois são sempre atuais.

Além disso, seus livros geralmente não têm começo, meio e fim, e contam histórias de mulheres reais e situações cotidianas. Com seus textos, nos convida a enxergar a vida com outros olhos e encontrar prazer nas pequenas coisas.

Principais obras de Clarice Lispector

Agora que você já sabe qual é a importância da escritora para nossa literatura, confira algumas das principais obras:

  • Perto do Coração Selvagem, romance (1944);
  • Laços de Família, contos (1960);
  • A Paixão Segundo G.H., romance (1961);
  • Felicidade de Clandestina, contos (1971);
  • Água Viva, romance (1973);
  • A Hora da Estrela, romance (1977).

Como você já viu até agora, a principal característica de seus escritos é a sensibilidade, então ler uma frase de Clarice Lispector certamente é capaz de inspirar a sua rotina, e se enviada para alguém, pode trazer grandes reflexões.